Notícias

22/4/2014 às 14h51 (Atualizado em 22/4/2014 às 14h51)

África do Sul e Inglaterra encerram ciclo de lançamentos de Nada a Perder 2

Evento contou com a participação de Jacob Zuma, presidente sul-africano

Jacob Zuma, presidente da África do Sul, durante o lançamento de Nada a Perder 2 no país

Jacob Zuma, presidente da África do Sul, durante o lançamento de Nada a Perder 2 no país

Mais uma vez, Nada a Perder comprovou ser o maior fenômeno editorial dos últimos tempos. O segundo volume da autobiografia do bispo Edir Macedo, escrita em coautoria com Douglas Tavolaro, vice-presidente de Jornalismo da Rede Record, mostrou ser um verdadeiro sucesso nos eventos que marcaram o encerramento do ciclo de lançamentos da obra pelo mundo.

Ainda era madrugada quando milhares de pessoas formavam filas pelas ruas da cidade em direção ao Ellis Park, estádio usado na Copa do Mundo de 2010. Este é o mesmo estádio retratado no filme Invictus, que fala da união promovida pelo ex-presidente Nelson Mandela de negros e brancos em torno de um único ideal: a final mundial de Rugby.

No momento, o então presidente Mandela encorajou os negros a torcer pelo time da casa, que jogava contra a Nova Zelândia, em uma atitude em nome do futuro do país. O esporte era praticado somente por brancos. Devido a isso, era rejeitado pela maioria negra da população.

E é nesse mesmo palco da integração entre toda uma nação, que Nada a Perder 2 foi lançado para um público que lotou o estádio. Eram pessoas de diversas partes do país e do continente africano que compareceram para prestigiar a edição em inglês do livro, Nothing to Lose. É a primeira vez que o lançamento de um livro reúne tantas pessoas assim em um só lugar na África do Sul.

A mestre de cerimônias, Unati Masengana, é uma celebridade. A cantora também é apresentadora do programa Ídolosno país.

Como o estádio já estava lotado, e diversas pessoas ainda estavam chegando para o lançamento do livro, foi preciso abrir os portões de outro estádio a menos de 500 metros do local. Todos podiam acompanhar por meio de telões o que acontecia em tempo real no Ellis Park.

Em meio a todo o sucesso, um convidado especial se destacou. Jacob Zuma, presidente da África do Sul, foi recebido no palco, onde cantou o hino nacional e fez um discurso pela união do povo em nome da liberdade. Em seguida, incentivado pela multidão, quebrou o protocolo e cantou e dançou no palco.

A governadora de Gauteng, onde ficam as cidades de Johannesburgo e Pretória, também compareceu. Ela declarou no momento que Nada a Perder traz lições para aqueles que trabalham pela união de um povo.

O lançamento do primeiro volume da obra no país foi realizado em 2013 no museu do Apartheid, símbolo da luta de Nelson Mandela pela igualdade racial. No momento, foi estabelecido o recorde mundial de vendas da obra, batendo todos os outros países, com 101.235 livros vendidos.

Já no lançamento do segundo volume de Nada a Perder, cerca de 165 mil pessoas adquiriram 302.335 livros. Johannesburgo nunca havia visto nada igual.

Lançamento em Londres

Em Londres, cidade do relógio mais famoso do mundo, o Big Ben, ninguém perdeu a hora. Na capital da Inglaterra, a multidão que chegou cedo para o lançamento de Nada a Perder 2 chamava a atenção de quem passava.

O evento contou com shows ao vivo, que também atraiam a população local. Foram 16.700 livros vendidos, mais do que o primeiro volume da obra.

A obra

O segundo volume da autobiografia de Edir Macedo mostra como foi possível transformar uma pequena igreja, que funcionava em uma funerária na Bahia, em milhares de templos, com milhões de fiéis em todo o mundo. O segundo volume de Nada a Perder também revela os segredos da compra da Record, e uma viagem pelo subterrâneo da televisão brasileira.

O livro foi a obra de não ficção mais vendida em 2013 em todo o Brasil, segundo o site Publish News, um dos principais termômetros do mercado editorial. A obra já passa da marca de um milhão de unidades vendidas nas livrarias nacionais.

A autobiografia Nada a Perder 2 — Meus Desafios Diante do Impossível traz as memórias jamais contadas do bispo Edir Macedo.

A cada lançamento, o número de leitores e de livros vendidos é superior ao anterior. Nada a Perder 1 vendeu mais de 1,2 milhão de unidades.

© Copyright 2017 - Nada a Perder